.

.

 Institucional

 Quem somos

 Onde atendemos

 Nossa estrutura

 Corpo clínico

 Serviços prestados

 A que nos propomos

 Nossos fundamentos

 Especialidades
 Ceratocone
 Transplante de córnea
 Ceratopatia bolhosa
 Catarata
 Cirurgia a laser (Lasik)
 Glaucoma
 Vítreo e retina
 Oftalmopediatria
 Estrabismo
 Plástica ocular
.

.

R. Cubatão, 86
Cjs. 107/109
04013-000 - Paraíso
São Paulo - SP
(11) 3885 9193

 
Novos tratamentos em doenças da Retina aplicáveis nos casos de DMRI - Degeneração Macular Relacionada à Idade e, de Retinopatia Diabética

a) Terapêutica Fotodinâmica com Verteporfina (Visudyne)

A Terapia Fotodinâmica com Verteporfina (TFD) é um novo tratamento da forma exsudativa da Degenerescência Macular Relacionada com a Idade (DMRI). Os vasos anormais presentes na Membrana Neovascular da DMRI permitem a saída de sangue e lipoproteinas e a conseqüente formação de uma cicatriz fibrosa na mácula, com perda acentuada de visão. O conceito de TFD baseia-se na possibilidade de seletivamente ocluir-se os vasos anormais, eliminando-se o derrame, sem danificar gravemente a retina como isso se sucedia com a terapia através de sessão de fotocoagulação a laser.

O tratamento é efetuado em duas fases. Primeiro é injetado um produto fotosensível à verteprofina que se fixa seletivamente aos vasos anormais. Quinze minutos após o início da injeção este produto é ativado através de um feixe de laser não térmico com um comprimento de onda específico (que não lesa os tecidos) o qual vai ativar o produto retido nos vasos anormais. A ativação provoca oclusão dos vasos anormais e a conseqüente parada da saída de fluído e de sangue. Com o tempo, o organismo reabsorve o fluido e sangue previamente existentes. Com o decorrer do tempo os neovasos podem permeabilizar novamente ou, podem surgir novos neovasos. Assim, torna-se necessário reavaliar os Pacientes periodicamente e efetuar novo tratamento se necessário. Em regra, os Pacientes tratados são reavaliados cerca de 12 semanas após o tratamento e se necessário pode ser efetuado novo tratamento com segurança. Em média são necessários 5 tratamentos em dois anos para poder ocluir os neovasos.

b) Injeção intra-vítreo de Bevacizumab (Avastin TM)

O Avastin TM não foi inicialmente desenvolvido para tratar doença ocular. Na prática ele atua bloqueando uma substância conhecida como fator de crescimento do endotélio vascular ou VEGF. A inibição do VEGF impede o crescimento dos vasos. Uma vez que uma medicação é aprovada pelo FDA, os médicos podem usá-la “fora da etiqueta” (off-label) para outras finalidades. Tem-se utilizado o Avastin TM para tratar Degeneração Macular relacionada à idade (DMRI), retinopatia diabética, oclusão venosa e outras doenças vasculares. Alguns pacientes tratados com o Avastin TM apresentaram como resposta uma diminuição do líquido, melhora do aspecto da mácula e melhora da acuidade visual.

Forma de Administração:

Após a dilatação da pupila, o olho é anestesiado utilizando-se anestésico tópico (colírio). O medicamento é então injetado no interior do vítreo. Administra-se o AvastinTM a intervalos regulares, (entre 4 e 6 semanas), na dependência da avaliação que foi realizada pelo Médico Especialista.

c) Aplicação intra-vítreo de Ranibizumab (Lucentis TM)

O tratamento da DMRI exsudativa com injeções intravítreas de Lucentis TM representa, atualmente, a melhor opção de tratamento, conforme isso assim tem sido demonstrado em estudos multicêntricos.O Lucentis e também um anti VEGF , e é aprovado pelo FDA para uso intra ocular.

Ressalva

Não obstante vários resultados extremamente positivos já terem sido alcançados nessa modalidade de tratamento, onde os Pacientes inclusive apresentam melhora na visão, há que ser ressaltado que embora o objetivo maior seja o de impedir a progressão da perda visual, a medicação pode em alguns casos, além de não recuperar a perda da visão já ocorrida, também não impedir a progressão da perda da visão decorrente da doença.

Leia também:

    Paulista Vision Center | 2009 www.paulistavisioncenter.com.br
O conteúdo deste site é de propriedade e uso exclusivo da Paulista Vision Center, proibida sua
reprodução ou utilização total ou parcial a qualquer título sem autorização.